Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

Tua

Mais uma vez você se apodera de mim. A começar por um simples toque, uma troca de olhares demorada.
Fecho os olhos, me deixo ir, e quando menos espero você está dentro de mim, e eu sinto seu corpo me envolver de maneira avassaladora.
De repente o universo deixa de existir, mais uma vez, eu vejo você e deixo você me ver, nua de corpo e alma, pronta pra desmanchar meu ego na plenitude do seu abraço, o qual eu chamo de lar.


Tua, como nunca deixei de ser.


Mas - sempre tem um "porém"-, num piscar de olhos, você não está mais aqui, e é como se todo o melhor de mim que tenho lutado tanto para (re)construir - a duras, muito duras penas - tivesse grudado nas suas pernas, ou te seguido onde quem que você tenha ido.

Mais uma vez você me deixa com a sua falta. Essa falta imensa que me inquieta e me aprisiona. Que me distancia de mim. Me cega para o universo além da sua -quase divina- presença. Que faz o gosto dos seus beijos se tornarem amargos na minha memória. E deixam de ser reais. V…

Últimas postagens

Face a face

Bom dia

Tarde demais

5 vezes Mein Herr

Hoje eu acordei assim...

Corpete Live-in Neverland parte 3 (final)

"Contemporary Dance"

Corpete "Live-In Neverland" - parte 2

100 anos de moda em 100 segundos